Peregrinação de julho a Fátima será presidida pelo bispo de Ourense

O bispo de Ourense, D. José Leonardo Lemos Montanet, vai presidir à Peregrinação Internacional Aniversária de julho, nos dias 12 e 13, que assinala a terceira aparição de Nossa Senhora aos Pastorinhos, na Cova da Iria.

D. José Montanet nasceu em Barallobre, Corunha, arquidiocese de Santiago de Compostela e estudou no seminário maior de Santiago de Compostela, formando-se em Salamanca . É licenciado em Filosofia Teórica pela Pontificia Universidade Gregoriana e desde sempre esteve ligado aos Arquivos e Bibliotecas, área em que se doutorou.

Desenvolveu o seu ministério sacerdotal na Arquidiocese de Santiago de Compostela, sobretudo na área de formação dos futuros sacerdotes. No Instituto Teológico Compostela foi professor titular  e diretor da Biblioteca de Estudos Teológicos. Foi também diretor do Instituto Superior de Ciências da Religião de Compostela e colaborador pastoral na Paróquia “San Fernando” de Santiago. Autor de vários livros e numerosos artigos é bispo de Ourense desde dezembro de 2011. É, desde março de 2020, o presidente da Comissão Episcopal de Liturgia da Conferência Episcopal espanhola.

A peregrinação começa no dia 12, às 21h30, com o Rosário, celebrado na Capelinha das Aparições, seguido de uma celebração da Palavra no Altar do recinto de Oração. No dia 13, o Terço será rezado às 9h00 seguindo-se a Missa às 10h00. Durante a celebração será proferida a Palavra ao Doente, terminando  a peregrinação com a Procissão do Adeus.

Esta Peregrinação evoca a terceira aparição de Nossa Senhora aos videntes, na qual podemos elencar três aspectos fundamentais do acontecimento de Fátima: o primeiro quadro compõe-se de uma visão do inferno; o segundo apresenta a devoção ao Imaculado Coração de Maria; o terceiro refere-se à Igreja peregrina e mártir. Nesta aparição, em particular, Nossa Senhora apresenta aos Pastorinhos a entrega total da vida a Deus como caminho para a superação do mal.

A peregrinação de julho volta a ter como tema “Louvai o Senhor, que levanta os fracos”, havendo sempre uma especial intenção pelos que sofrem neste momento de tribulação decorrente da pandemia.

Neste contexto, ainda de restrições, o Santuário mantém em vigor todas as regras de segurança: as entradas no Recinto fazem-se por oito portas; uma vez dentro do Recinto os peregrinos devem manter-se no mesmo lugar de forma a evitar ajuntamentos; guardando o distanciamento físico entre si e, durante as celebrações, e apenas nesse período, os acessos ao queimador de velas e Capelinha das Aparições estarão limitados. O uso de máscara é obrigatório.

As celebrações podem ser seguidas em direto em www.religiolook.pt, no site www.fatima.pt, no facebook do santuário de Fátima; na rádio e TV Canção Nova e nas rádios Renascença e Maria.

Inf. Santuário de Fátima

Diariamente lemos o mundo na procura de sentido para encontrarmos a mensagem religiosa necessária para si. Fazemo-lo num tempo confuso que pretende calar o que temos para dizer. Sem apoios da nomenclatura publicitária, vimos dizer-lhe que precisamos de si porque o nosso trabalho não tendo preço necessita do seu apoio para continuarmos a apostar neste projecto jornalístico.

Deixe uma resposta

*