Notícias da Terra Santa: Maria, sinal seguro de consolo e esperança

Em Jerusalém, como em toda a Terra Santa, a festa da Assunção da Virgem Maria ao céu foi muito rica de celebrações. As comunidades religiosas da Terra Santa  se reuniram na região do Getsêmani, onde segundo uma tradição dos primeiros séculos do cristianismo, se encontra o túmulo de Maria.

 

Sábado 14 de agosto, através da leitura de  passagens do Evangelho e de uma história apócrifa, as etapas da vida da Virgem Maria foram relembradas  até a sua morte terrena. No domingo Fr. Francesco Patton, Custódio da Terra Santa, celebrou a Santa Missa Pontifícia junto com a comunidade local dos Frades menores e outros religiosos presentes em Jerusalém.

“Quando contemplamos a assunção da Bem-aventurada Virgem Maria ao céu em corpo e alma, contemplamos o fato de que Maria já participa de forma plena e pessoal da nova criação iniciada por seu filho Jesus com sua própria ressurreição”, disse o Custódio na homilia.

Desta forma, Maria se torna – para usar a linguagem do Apocalipse – um sinal colocado no céu para nós. Maria é um sinal para a qual somos convidados a dirigir o olhar para que também nós possamos percorrer a peregrinação da vida com o coração cheio de esperança.

( Assista ao Vídeo)

https://www.cmc-terrasanta.org/pt/media/terra-santa-news/23952/maria,-sinal-seguro-de-consolo-e-esperan%C3%A7a

  1. FRANCESCO PATTON, ofm

Custódio da Terra Santa

Esta é uma mensagem extraordinária especialmente em uma época como a nossa afligida e oprimida por tantas angústias devidas sobretudo ao medo da morte, o medo das doenças.  Esta festa nos lembra  que a vitória pascal de Jesus foi  compartilhada com sua mãe Maria e será dada também a nós.

Ao entardecer, na gruta do Getsémani, o canto solene das segundas vésperas e em particular do Magnificat, coroou a solenidade da Assunção de Maria ao céu. A gruta- chamada de “gruta da Traição” ou “ gruta dos Apóstolos” – está localizada a poucos metros da entrada da igreja onde está o  túmulo de Maria e é considerada a parte mais antiga do Getsémani. No final da oração das vésperas, os franciscanos foram em peregrinação à igreja do túmulo de Maria onde  foram recebidos pelos representantes das comunidades ortodoxa grega e armênia. Mais uma vez, graças às orações dos frades da Custódia e de muitos fiéis, em Jerusalém se cumpriu a profecia de Maria: “Todos os povos dirão que sou bem-aventurada!” A tradição coloca neste local o túmulo da Virgem a partir do ano 450.

Foi o Papa Pio XII, em 1 ° de novembro de 1950, quem solenemente definiu e proclamou o dogma de fé da Assunção de Maria ao céu. As Igrejas Ortodoxas celebram a Festa da Dormição da Virgem no mesmo dia. A solenidade da Assunção de Maria também foi celebrada em Nazaré, onde viveu a Sagrada Família.

 

Lurdinha Nunes * Correspondente na Terra Santa

Diariamente lemos o mundo na procura de sentido para encontrarmos a mensagem religiosa necessária para si. Fazemo-lo num tempo confuso que pretende calar o que temos para dizer. Sem apoios da nomenclatura publicitária, vimos dizer-lhe que precisamos de si porque o nosso trabalho não tendo preço necessita do seu apoio para continuarmos a apostar neste projecto jornalístico.

Deixe uma resposta

*