Fr. Massimo Fusarelli é o novo Ministro Geral da Ordem dos Frades Menores

A Ordem dos Frades Menores elegeu no dia 13 de julho, seu novo Ministro Geral. Fr. Massimo Fusarelli será o centésimo vigésimo primeiro sucessor de São Francisco e  será o superior de mais de 12 mil frades dos diversos Comissariados em todo o mundo.

 

 

 

Frei Massimo Fusarelli foi eleito para o sexênio 2021-2027. Substitui Frei Michael Anthony Perry, originário de Indianápolis, Estados Unidos, eleito em 21 de maio de 2015. O anúncio foi feito pelo Cardeal João Braz de Aviz, Prefeito da Congregação para os Institutos de Vida Consagrada e as Associações de Vida Apostólica, designado pelo Papa Francisco como Cardeal Delegado para presidir o Capítulo Geral OFM 2021.

 

Fr. Fusarelli nasceu em 30 de março de 1963. Fez sua Profissão Solene em 30 de julho de 1983 e pertence à Província de Roma. Foi Secretário Geral de Formação e Estudos de 2003 a 2009 e Provincial da Província de São Boaventura dos Frades Menores do Lazio -Abruzzo.

As Palavras de Fr. Massimo Fusarelli na entrevista realizado por  Fr. Francesco Patton, Custódio da Terra Santa ao Christian Media Center.

 

( Assista ao vídeo )

https://www.cmc-terrasanta.org/pt/media/terra-santa-news/23712/a-ordem-dos-frades-menores-elegeu-o-seu-novo-ministro-geral

 

Através do abraço dos frades a sensação de paz e Tranquilidade

 

Fr. MASSIMO FUSARELLI, ofm

Ministro Geral dos Frades Menores

O primeiro sentimento é de temor e vertígem diante do que me é pedido e também diante da consciência da minha fraqueza, das minhas limitações e da tarefa que não é fácil. Por outro lado, no entanto, uma vez concluída a eleição, vista a confiança dos frades e recebendo o seu abraço, uma sensação de paz e tranquilidade tomou conta de mim e espero que isso cresça, também como entrega ao Senhor, confiante de que não carregarei este fardo sozinho.

 

Os desafios da Ordem dos Frades Menores nos tempos atuais

 

Fr. MASSIMO FUSARELLI, ofm

Ministro Geral dos Frades Menores

Partindo da regra não bulada que completa 800 anos, creio que o primeiro desafio seja mantê-la continuamente viva, ou seja, do Evangelho para a vida, sem separar uma da outra. E da vida para o Evangelho. Isso também significa dar maior profundidade, maior realidade. Vivendo o nosso carisma. Aquilo que São Francisco chama de o espírito de adoração e devoção, que se nutre da escuta orante do Evangelho. Seguramente, outro desafio para nós, enquanto ordem, é continuar a crescer globalmente agindo localmente, cada um em sua realidade.

 

As palavras de agradecimento e apoio aos frades e cristãos da Terra Santa

Fr. MASSIMO FUSARELLI, ofm

Ministro Geral dos Frades Menores

A primeira palavra que digo aos frades e aos cristãos e às pessoas que vivem na Terra Santa é “obrigado” por continuarem ali, por permanecerem como franciscanos por 800 anos, e especialmente como cristãos.

 

A segunda palavra é “coragem” para que não desistam, mesmo nas situações mais difíceis tantas vezes enfrentadas na Terra Santa, para que se tornem cada vez mais o sinal que São Francisco de Assis desejou. O Sinal do encontro, do diálogo. Também o sinal desta presença contínua de oração, louvor e hospitalidade aos peregrinos, especialmente nos Santuários.

 

E depois, uma terceira palavra, “persistência”, para viver a missão educativa da Custódia, nas escolas, nas universidades, nas paróquias e também no Studium Biblicum Franciscanum que a Custódia administra.

 

A quarta palavra digo à mim mesmo e à Ordem; “querer”, nós queremos e eu quero continuar cuidando especialmente da Terra Santa, e o faremos enquanto Ordem, como irmãos, convidando e encorajando claramente os frades a dedicar um tempo da sua vida por esta presença particular e única, e estou convencido, de que certamente podemos nos empenhar ainda mais, com muita alegria, também por estar lá e poder servir nossos irmãos e os Lugares Santos.

 

O Christian Media Center, recorda alguns momentos da visita de Fr. Michael Perry à Terra Santa por ocasião do Congresso dos Comissários e para as comemorações dos 800 anos da chegada dos primeiros franciscanos ao Oriente Médio. Acompanhe no video acima.

Lurdinha Nunes/ Fr. George Jallouf

Diariamente lemos o mundo na procura de sentido para encontrarmos a mensagem religiosa necessária para si. Fazemo-lo num tempo confuso que pretende calar o que temos para dizer. Sem apoios da nomenclatura publicitária, vimos dizer-lhe que precisamos de si porque o nosso trabalho não tendo preço necessita do seu apoio para continuarmos a apostar neste projecto jornalístico.

Deixe uma resposta

*