Rir com Deus, EVANGELIZAR OLHOS NOS OLHOS

A primeira forma de evangelizar é saber olhar olhos nos olhos. Estamos já todos com vontade de sair para a rua e olharmos muitas pessoas olhos nos olhos. Proponho primeiro que o façamos connosco mesmos, primeiro como forma de treinar, antes de o fazer com os outros e para melhor o fazer com os outros; em segundo lugar, sendo o lugar essencial (o primeiro é só fundamental) olharmo-nos olhos nos olhos para ver Deus no brilho do nosso olhar. Sim, se cantamos que somos um templo de Deus, então olhemos sorridentemente para esta nossa dimensão. Os olhos são a janela da alma, a forma de entrar dentro de nós com olhos físicos, e sobretudo e ao alcance de todos, com olhos espirituais. Olhar para mim, por exemplo ao espelho, sorrir e dizer-te “amo-te muito”, não é um ato de narcisismo, é sim um ato de amor: é amar Deus que habita em mim, para eu ser verdadeiramente dom de Deus para mim e para os próximos. Se me aproximo dos outros a olhar olhos nos olhos, com um sorriso estampado no rosto, anuncio este Deus, que me acompanha, ao Deus que acompanha cada um de nós.

Os desportistas treinam todos os dias, os músicos treinam todos os dias, os estudantes treinam todos os dias, e eu que sou chamado a ser dom do amor de Deus, quando treino este DOM? Vou dizer-vos como faço há muitos anos, não para fazerem igual (ou sim), mas principalmente para se interrogarem como podem fazer para treinar o ser dom de Deus: quando estou a lavar os dentes, em vez de estar a olhar no espelho e ver os novos cabelos brancos, mais uma ruga, mais um sinal, etc, começo a rir olhos nos olhos ao espelho e a dizer sistematicamente “Gosto muito de ti”. Já vos estou a imaginar com um sorriso no rosto e nos olhos eheheheheh. Perguntam vocês “e consegues sempre o melhor resultado?”, eu respondo “não”. Não é fácil às vezes dizer-nos que gostamos muito, quando estamos a sentir-nos tristes, com a autoestima em baixo, longe do amor (do amor de Deus – mesmo estando Este sempre presente e a amar-nos). Mas tal e qual acontece aos outros (desportistas, músicos etc) de nem sempre lhes apetecer treinar, tocar, nem lhe correrem bem as coisas, continuam o seu caminho de esperança. Também nós podemos continuar este caminho de esperança. Como? Olhando olhos nos olhos de forma sorridente, a primeira forma de evangelizarmos (a nós e aos outros), sem palavras mas levando a PALAVRA.

Bons exercícios e Santos sorrisos eheheheh.

 

Fernando Batista * Professor Sorriso * Maisfeliz Associação

Diariamente lemos o mundo na procura de sentido para encontrarmos a mensagem religiosa necessária para si. Fazemo-lo num tempo confuso que pretende calar o que temos para dizer. Sem apoios da nomenclatura publicitária, vimos dizer-lhe que precisamos de si porque o nosso trabalho não tendo preço necessita do seu apoio para continuarmos a apostar neste projecto jornalístico.

Deixe uma resposta

*