(RE)lendo Carta aos Filipenses

Escrita pelo apóstolo Paulo e conhecida com uma das “cartas da prisão”, Filipenses apresenta um dos textos mais impactantes da Bíblia. Comovente, doutrinário e essencialmente prático, esse texto singular aponta o modo cristão de lidar com as questões centrais da vida. Em Lendo Filipenses: Um comentário para hoje , Antônio Carlos Costa analisa a carta paulina em seu contexto histórico e cultural, apresentando a força da mensagem do evangelho ontem e hoje. A fim de servir de inspiração e desafio para a igreja atual, o autor destaca como pontos focais do ministério de Paulo a compaixão pelo próximo e a abnegação pela obra missionária em sua dimensão global. A carta aos Filipenses comunica encorajamento, esperança, paz e alegria, elementos centrais da vida cristã pessoal e comunitária que, em boa hora, são resgatados neste comentário

Diariamente lemos o mundo na procura de sentido para encontrarmos a mensagem religiosa necessária para si. Fazemo-lo num tempo confuso que pretende calar o que temos para dizer. Sem apoios da nomenclatura publicitária, vimos dizer-lhe que precisamos de si porque o nosso trabalho não tendo preço necessita do seu apoio para continuarmos a apostar neste projecto jornalístico.

Deixe uma resposta

*