Cardeal Marto e Santuário de Fátima enviam mensagem ao Papa Francisco

O bispo de Leiria-Fátima, cardeal D. António Marto, e o Santuário de Fátima enviaram esta terça-feira, dia 6, uma mensagem ao Papa Francisco desejando “rápida e completa recuperação” da intervenção cirúrgica a que foi submetido este domingo.

“O bispo de Leiria-Fátima e o Santuário de Fátima fazem votos de rápida e completa recuperação da intervenção cirúrgica a que foi submetido, confiando à intercessão de Nossa Senhora e dos Santos Francisco e Jacinta Marto a súplica pelas melhoras de Vossa Santidade”, lê-se no texto.

A mensagem enviada ao Papa Francisco, que já prometeu vir a Fátima aquando da Jornada Mundial da Juventude de Lisboa, em agosto de 2023,  adianta ainda que “também os peregrinos de Fátima, que neste Santuário rezam diariamente pelo Santo Padre, acompanham Vossa Santidade com a sua oração neste particular momento”.

Já hoje no Santuário, nas Eucaristias e no Rosário, a recuperação do Santo Padre estará numa das preces da Oração Universal dos Fiéis, nas várias  celebrações.

“Pelo Santo Padre Francisco, para que por intercessão da Virgem Santa Maria, saúde dos enfermos, o Senhor lhe permita recuperar a saúde, e retomar as anteriores ocupações do ministério que lhe foi confiado”.

Embora a oração pelo Santo Padre seja diária no Santuário de Fátima, o momento especialmente delicado da sua saúde levou os responsáveis da instituição e os peregrinos de Fátima a tê-lo ainda mais presente nas suas intenções.

O Papa Francisco visitou Fátima em 2017, por ocasião do Centenário e da canonização dos santos Francisco e Jacinta e Marto e já anunciou a sua intenção de regressar a Fátima em 2023.

O papa Francisco foi este domingo submetido a uma operação ao cólon que, segundo os serviços de imprensa do Vaticano, correu como esperado, devendo permanecer no hospital, em recuperação, durante uma semana.

A operação a uma “estenose diverticular do colón” estava programada e não foi realizada por causa de qualquer urgência médica.

 

Inf. Santuário de Fátima

Diariamente lemos o mundo na procura de sentido para encontrarmos a mensagem religiosa necessária para si. Fazemo-lo num tempo confuso que pretende calar o que temos para dizer. Sem apoios da nomenclatura publicitária, vimos dizer-lhe que precisamos de si porque o nosso trabalho não tendo preço necessita do seu apoio para continuarmos a apostar neste projecto jornalístico.

Deixe uma resposta

*