Um Santo por quinzena: São Bruno, “patrono” do silêncio

São Bruno nasceu na cidade de Colónia no ano 1035, de família nobre, e terminou os seus estudos na escola episcopal de Reims, para…

O «quase» não chega: 28.º Domingo do Tempo Comum

A. Um «quase discípulo» não é um discípulo 1. Dizem os desportistas que as provas não são como começam, mas como acabam. É nos…

Antes de tudo, sentar-se a escutar Jesus

Neste nosso tempo, vivemos muito agitados com os nossos afazeres. Até mesmo nos dias de folga, nos fins-de-semana ou nas férias. Custa-nos parar para…

Francisco de Assis, pastor de ovelhas e de lobos

  A Igreja celebrou com júbilo a memória litúrgica de S. Francisco de Assis, um dos santos que mais fundo entrou no coração do…

É irresponsável arruinar a imagem do pai ou da mãe com o objetivo de monopolizar o afeto do filho

Não sei se algum influenciador estará a ouvir, do seu sofá, pela televisão ou pelas redes sociais, as leituras deste domingo, pronto a pôr…

Que a família não desista da família

    27.º Domingo do Tempo Comum A. Boas — e belas — notícias para as famílias 1. Eis que, neste Domingo, somos presenteados…

O amor do matrimónio fonte de felicidade

1.O amor dá gosto e alegria à vida. Sobretudo o amor do matrimónio quando vivido no caminho mostrado por Jesus Cristo. É sobre esta…

A DOENÇA DO CORAÇÃO DE PEDRA (sklêrokardía)

  Além dos quatro episódios que decorrem fora das fronteiras de Israel (três na Decápole, a oriente do Mar da Galileia, e um na…

O livre agir de Deus liberta-nos do sectarismo

Vivemos em tempo de feroz rivalidade e concorrência. Pessoas, grupos, partidos, clubes, empresas, em múltiplas atividades procuram sobrepor-se aos outros e ser os primeiros.…

Tenhamos cuidado em não divinizar o nosso líder, o nosso candidato, o nosso partido, o nosso grupo, o nosso trabalho, a nossa comunidade

1. Este é um domingo em que os portugueses escolhem livremente os seus autarcas. Ninguém espera, por certo, uma indicação de voto. No entanto,…