Sudão do Sul: notícias da Irmã Beta, comboniana

“A LUZ BRILHA NAS TREVAS… E O VERBO FEZ-SE CARNE E HABITOU ENTRE NÓS”

 Jo1, 1-18

Um Santo e Feliz Natal para todos!

Jesus é a LUZ, brilha e como é bom a LUZ. A LUZ dentro e fora de nós. Necessitamos dela.

É tão bonito e bom celebrar a VIDA. E especialmente esta maravilha que é o Natal. Um convite de Deus a maravilharmos com Maria, José e os pastores de Belém, contemplando a Criança que nasceu e que se encontra numa manjedoura: Jesus, o Salvador (Papa Francisco).

Necessitamos tanto de luz. Não gostamos da escuridão. Mesmo dentro de nós. Aqui em Wau, não há eletricidade pública, as ruas de noite são escuras, escuras. Nós temos painéis solares em casa, mas na rua… que medo, que escuridão. Mas a noite com luz é espetacular. Especialmente agora nesta época, saímos de casa para ir ver a iluminação do Natal, aí em Portugal.

Tenho partilhado convosco algumas fotos e algumas histórias do meu dia-a-dia. Para vos dizer que estou bem, que a luz que brilha em mim é Jesus e desejo que brilhe em cada um de vós. Pois é tão bom e é o essencial de nós sermos cristãos.

Tenho tido algum trabalho, especialmente nas visitas às famílias, nos encontros com as jovens, nas escolas, na paróquia e na comunidade. Algo que todos nós fazemos de uma maneira ou de outra. Nada de especial. Como podem ver nas fotos que partilho.

Mas é neste nada especial que está tudo.

Cada pessoa que encontro tem uma história e a precisar sempre de algo. Aqui a realidade é bastante difícil e diferente. É uma população a refazer as suas vidas depois das guerras. Mas a nossa presença traz LUZ, traz PAZ, porque há LUZ.

Aqui em Wau, no Sudão do Sul, acontece tanta LUZ. JESUS vive no meio de nós.

No domingo passado tive um encontro só para jovens (meninas) e tive que escolher 50. Pois senão viriam 500. Foi uma manhã de oração em que terminamos com adoração, confissões e Eucaristia. Ah, e, claro almoço. Aqui é assim, somos muito generosas, almoço para 50; agora vamos à prisão, almoço para… Compramos uma vaca [risos]. É uma maneira de estarmos juntos e os reclusos só veem carne uma vez por ano.

Na preparação para o Natal as paróquias da cidade (5) foram convidadas a cantar cânticos de Natal e nós, as congregações religiosas (freiras) presentes em Wau, também cantamos. Foi muito bom. Claro que houve caramelos para todos.

Também na Universidade Católica tivemos a celebração de Natal com sumo, bolachas e caramelos.

Fizemos o presépio na paróquia e preparamos o altar com as nossas irmãs indianas.

Tanta, mas tanta LUZ nos é dada. Por todo o lado. Tantas maravilhas de Deus à nossa volta.

Eu só tenho que agradecer a Deus, cada pessoa e situações que encontro. Peço a graça de estar sempre disponível e pronta para ir ao encontro e acolher tantos “Jesus”, como Maria.

Agradeço a cada um de vós pelas vossas orações, todo o carinho que manifestam sempre comigo. Tenho-vos nas minhas orações, especialmente quando rezo à Mãe.

Para mim, é super importante sentir-vos desse lado. Um grande tesouro. Rezem por mim.

Desejo-vos um Santo e Feliz Natal 2021!

Boas entradas para o ano 2022, muita LUZ e PAZ para todos nós.

Com muito carinho,
Ir. Beta Almendra “Louca, mas feliz”

Diariamente lemos o mundo na procura de sentido para encontrarmos a mensagem religiosa necessária para si. Fazemo-lo num tempo confuso que pretende calar o que temos para dizer. Sem apoios da nomenclatura publicitária, vimos dizer-lhe que precisamos de si porque o nosso trabalho não tendo preço necessita do seu apoio para continuarmos a apostar neste projecto jornalístico.

Deixe uma resposta

*